Administrador do Site

Administrador do Site

19 Ago 2014

10 dicas de estilo de vida saudável para crianças

  1. Comer é divertido... Aprecia a tua alimentação;
  2. O pequeno-almoço é uma refeição muito importante;
  3. Come alimentos variados em cada dia, a variedade é a receita para a saúde;
  4. Que grupo de alimentos indicarias para o topo? Baseia a tua alimentação em hidratos de carbono;
  5. Dá cá mais 5! Come frutos e produtos hortícolas em cada refeição e nos lanches!;
  6. Factos sobre as gorduras. Demasiada quantidade de gordura saturada não é bom para a tua saúde;
  7. Toca a lanchar! Come regularmente e escolhe uma grande variedade de lanches;
  8. Sacia a tua sede. Bebe bastantes líquidos;
  9. Cuida dos teus dentes! Escova os dentes pelo menos duas vezes por dia;
  10. Mexe-te! Faz atividade física todos os dias.

Lembras-te de quando aprendeste a andar de bicicleta? A parte mais importante foi conseguir o equilíbrio certo. Quando conseguiste equilibrar-te sem problemas, os pedais passaram a rodar suavemente, para impulsionar as rodas e colocar a bicicleta em movimento. 

 

O mesmo é verdadeiro quando se trata de escolher os nossos alimentos. Uma vez que tenhamos aprendido a equilibrar cuidadosamente as quantidades e os tipos de alimentos consumidos, todos os órgãos do corpo funcionarão bem e o corpo trabalhará de forma eficiente.

Seguir estas dez dicas ajudar-te-á a manter a forma e a saúde. É tão fácil como andar de bicicleta, uma vez que consigas atingir o equilíbrio! 

1. Comer é divertido... Aprecia a tua alimentação

Partilhar uma refeição com a família e amigos em casa ou na escola é uma ótima maneira de desfrutar dos alimentos. É divertido ver a escolha de alimentos das outras pessoas – o que é que os teus amigos comem? Experimentas alimentos diferentes todos os dias? Observa a tua lancheira ou o prato da comida. Quantos tipos diferentes de frutos e produtos hortícolas podes identificar? 

2. O pequeno-almoço é uma refeição muito importante

Tal como os carros, autocarros e comboios não podem andar sem combustível, o nosso corpo necessita de energia para funcionar. Especialmente depois de uma noite de sono, os níveis de energia estão baixos. Então, quer estejas em aulas ou fora de casa ou no fim de semana, começa o dia com o pequeno-almoço. Um pequeno-almoço rico em hidratos de carbono é meio caminho andado: experimenta pão ou torradas ou cereais com leite, fruta ou iogurte. 

3. Come alimentos variados em cada dia, a variedade é a receita para a saúde

Por dia, necessitas de mais de 40 tipos diferentes de nutrientes (tais como vitaminas e minerais) para uma boa saúde. Tendo em conta de que não existe nenhum alimento que os contenha todos, é importante equilibrar as escolhas diárias. Na verdade, não há alimentos bons nem maus, por isso não precisas eliminar os alimentos de que gostas. A melhor maneira de se ter a certeza que se obtém o equilíbrio certo é comer uma ampla variedade de alimentos em cada dia. 

4. Que grupo de alimentos indicarias para o topo? Baseia a tua alimentação em hidratos de carbono

Muitas pessoas não comem uma quantidade suficiente de alimentos ricos em hidratos de carbono, como cereais, arroz, massa, batata e pão. Cerca de metade das calorias da tua alimentação devem vir destes alimentos, por isso, é uma boa ideia incluir pelo menos um deles em cada refeição. Experimenta pão integral, massas e outros cereais para te darem fibra extra. Já experimentaste produzir o teu próprio pão? É bom, divertido e cheira muito bem! 

5. Dá cá mais 5! Come frutos e produtos hortícolas em cada refeição e nos lanches!

Os frutos e os produtos hortícolas estão entre os alimentos mais importantes para nos fornecer muitas vitaminas, minerais e fibras. Devemos todos tentar comer pelo menos cinco porções por dia. Por exemplo, um copo de sumo de fruta ao pequeno-almoço, talvez uma maçã e uma banana como lanches e dois tipos de produtos hortícolas nas refeições principais, e consegues atingir o teu total. Quantos tipos diferentes consegues identificar no supermercado? Porque não experimentas alguns novos? 

6. Factos sobre as gorduras. Muita quantidade de gorduras não é bom para a tua saúde

Comer muitos alimentos ricos em gorduras (como batatas fritas, carnes fritas e enchidos, tortas e bolos), pode não ser muito bom para o teu organismo. Além disso, não abuses dos produtos para barrar, tais como a manteiga e as margarinas. Embora necessitemos de algumas gorduras para obter todos os nutrientes de que precisamos, é melhor para a nossa saúde se não comermos uma grande quantidade destes alimentos para mantermos o equilíbrio. Assim, se tiveres um almoço rico em gorduras, procura ter um jantar mais leve em casa.

 7. Toca a lanchar! Come regularmente e escolhe uma grande variedade de lanches

Mesmo que faças lanches regulares durante o dia, haverá alturas do dia em que sentirás fome, especialmente se fores fisicamente ativo. Os lanches podem preencher as lacunas, mas não devem funcionar como substitutos das refeições principais, apenas como extras. Há diversos tipos de lanches disponíveis. Podes optar por iogurte, alguns frutos frescos ou secos sem sal, tiras de produtos hortícolas como cenoura e aipo, bolachas de arroz ou talvez uma fatia de bolo de frutos secos ou de pão com queijo. Ocasionalmente, podes preferir um pacote de batatas fritas e outros lanches embalados, uma barra de chocolate, um bolo ou biscoitos. Qualquer que seja o lanche de que gostes lembra-te que é sempre bom incluir uma grande variedade de alimentos para manter o equilíbrio. 

8. Sacia a tua sede. Bebe bastantes líquidos

Sabias que mais de metade do teu peso é apenas água? Portanto, para além de forneceres ao teu corpo todos os alimentos de que necessitas em cada dia para te manteres saudável, precisas de pelo menos 5 copos de líquidos por dia. É particularmente importante beber em abundância se o tempo estiver muito quente ou se tiveres feito muito exercício. Geralmente - mas nem sempre - o teu corpo vai dar-te sinais disso, fazendo-te sentir sede. A água é ótima e podes optar por água da torneira ou mineral, pura ou aromatizada, com ou sem gás. Os sumos de fruta, chás, leite e outras bebidas, podem ser ocasionalmente boas alternativas. 

9. Cuida dos teus dentes! Escova os teus dentes pelo menos duas vezes por dia

Escova os teus dentes pelo menos duas vezes por dia. Comer alimentos ricos em açúcar ou amidos muitas vezes durante o dia pode contribuir para o aparecimento de cáries. Portanto, não petisques alimentos e bebidas todo o dia! As pastilhas elásticas sem açúcar podem ajudar a manter os teus dentes saudáveis. No entanto, a melhor maneira de manter um sorriso bonito é escovar os dentes duas vezes ao dia com uma pasta dentífrica com flúor. Além disso, após escovares os dentes antes de dormir, não comas nem bebas mais nada, apenas água! 

10. Mexe-te! Faz atividade física todos os dias

Assim como uma bicicleta pode ficar enferrujada se não for utilizada durante algum tempo, os nossos músculos e os ossos também devem manter-se em movimento. A atividade física é necessária para manter o coração saudável e os ossos fortes. Também pode ser uma boa diversão. Tenta incluir alguma forma de atividade física todos os dias: pode ser apenas uma caminhada para a escola e subir as escadas. Contudo, jogos como saltar e futebol nos intervalos são bons para exercitar o corpo. A natação é um desporto particularmente bom para manter-te saudável.

14 Ago 2014

O costume de usar as folhas de chá para dar um bom sabor à água fervida,deu-se pela primeira vez na China em meados de 250 a.C.

O imperador Shen-Nung descobriu esta bebida acidentalmente quando estava fervendo água à sombra de uma árvore silvestre que balançava cadenciosamente com os ares da primavera. Casualmente umas folhas caíram na panela do imperador que bebeu a infusão resultante. Sentiu-se reconfortado e com uma especial sensação de bem-estar. Assim nasceu o chá.

Os indianos atribuem o descobrimento ao Príncipe Bodhi-Dharma, filho do Rei Kosjuwo. Um dia partiu em peregrinação rumo ao norte da Índia com o propósito de pregar o budismo ao longo do caminho. No final do quinto ano, estava doente e fraco.

Ouvindo a sugestão dos sábios recolheu algumas folhas de uma árvore especial, saboreou sua infusão, curou-se e obviamente o remédio foi o chá. Suas extraordinárias propriedades permitiram-lhe cumprir sua promessa. A lenda japonesa acrescenta um toque sensual.

Contam que no final dos três primeiros anos da peregrinação, o Príncipe Bodhi-Dharma um dia sonhou com todas as mulheres que havia amado. Dizem que era um conquistador e, ao despertar, envergonhou-se de sua travessa libido e não lhe ocorreu nada melhor que fazer uma promessa impossível de cumprir; não voltar a dormir e desta maneira, não poderia ter seus sonhos pecaminosos. Quando estava a ponto de sucumbir e quebrar a promessa porque o sono e o cansaço o  atacavam, encontrou um lindo arbusto, mastigou algumas das folhas de chá e descobriu que tinham a propriedade de manter seus olhos bem abertos e longe das lembranças pecaminosas.

Obviamente, trata-se apenas de uma lenda, já que dormir e sonhar são parte substancial da vida.

14 Ago 2014

Os produtos de origem natural são as fontes e as origens da medicina moderna e servem de base para a cura de muitas enfermidades, na forma de eficazes remédios caseiros.

Na última década, os nutrientes naturais adquiriram uma força inusitada, por ter sido comprovado, diariamente, que eles são uma resposta a uma cura saudável, econômica e sem efeitos colaterais, freqüentemente apresentados por outros medicamentos sintáticos.

As mais recentes investigações têm demonstrado que as vitaminas, os minerais, as plantas curativas, os ácidos graxos poliinsaturados, os produtos derivados das abelhas e outros produtos naturais, quando ingeridos em doses adequadas, produzem uma saúde excelente e evitam a maioria das enfermidades, ajudando a reforçar as defesas do organismo (sistema imunológico), combatendo as enfermidades de forma direta e eficaz.

Dentre as plantas que se encontram na natureza, existem muitas que conseguiram sensibilizar médicos naturistas por suas propriedades curativas e nutritivas. 

Como exemplo podemos citar: 

1) A planta Aloe Vera (a conhecida Babosa) pertence à família das Liliáceas.

Contém assombrosas propriedades curativas, como a de inibir a dor e é um excelente antiinflamatório, coagulante, cicatrizante, digestivo, regenerador celular, desintoxicante, reidratante e nutritivo, devido ao fato de conter 18 entre os 23 aminoácidos requeridos pelo organismo. 

2 ) O Alho, que também pertence à família das Liliáceas (como a Babosa), tem servido à humanidade durante milênios por suas propriedades antibióticas, germicidas, revitalizantes e curativas. 

3 ) Entre outras maravilhas da natureza estão o mel de abelha e o pólen. Ambos contêm a maioria das vitaminas e dos sais minerais que o corpo humano necessita para o seu correto funcionamento. 0 mesmo se diz da geléia real o da própolis de abelha, que além dos elementos essenciais, contêm substâncias sintetizadas pelas próprias abelhas e que são de grande utilidade, tais como os hormônios do crescimento, as enzimas, as vitaminas e outras propriedades curativas. 

Uma das importações maravilhosas provenientes do Oriente foi à planta ancestral chamada Ginseng, levada à Europa pela primeira vez no século XVII reconhecida por suas funções energizantes a qual combinada com a Chia Dourada ou Sálvia, dá como resultado grandes efeitos terapêuticos.

Por esses motivos, escolhemos em nosso estudo esses produtos naturais como sendo os mais importantes para manter a saúde, o bem-estar e curar enfermidades. 

A saúde se desenvolve através de:

• Uma alimentação e nutrição corretas, a qual deve conter vitaminas, sais minerais, carboidratos, gorduras, proteínas, oxigênio, água, sol, etc.

• Atitudes e pensamentos positivos.

• Exercício adequado para manter as articulações flexíveis e uma estrutura óssea em bom estado.

• Higiene corporal. 

Quando fornecemos ao organismo alimentos que contêm muitas toxinas e poucos nutrientes naturais, o corpo vai se saturando de venenos que inibem seu bom funcionamento, além de impedir sua cura.

Por essa razão, se recomenda, na maioria dos casos, submeter-se, antes de qualquer tratamento, a um processo de desintoxicação à base de dietas.

Ao eliminar as carnes vermelhas da nossa alimentação e comer mais frutas e verduras, estaremos dando uma grande ajuda ao organismo para mantê-lo livre de impurezas.

Por outro lado, devemos considerar também a intoxicação que nossa mente sofre com os pensamentos e emoções negativos que nos levam a estados nervosos daninhos como a angústia, a tensão, o estresse e o envenenamento mental, o qual se reflete em todo o organismo através de enfermidades de origem psicossomática.

Essas enfermidades psicossomáticas estão intimamente relacionadas com as enfermidades de origem física.

O estresse, o nervosismo ou a depressão levarão seu sistema imunológico a funcionar deficientemente, tomando-o portanto uma presa fácil para infecções e enfermidades de todo tipo.

Pelas razões acima citadas, é necessário fazer-se diariamente uma higiene mental de paz e tranqüilidade, tendo pensamentos positivos e harmoniosos para que eles influam em nossa boa saúde física e mental.

Грязная вода? Закажите анализ воды